Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

Estado da nação

Hoje decidi não perseguir um tema único, mas trazer algumas pérolas do dia que vale a pena conhecer ou mesmo reconhecer no mundo dos blogues.

Começo por ler Luciano Amaral no blog Gato de Cheshire. Ele viu com atenção a entrevista de Freitas do Amaral a Ana Lourenço na SIC Noticias e sob o titulo “Prá Frente Portugal”, escreve: “A única dúvida que tenho é a seguinte: o Prof. Freitas do Amaral corre sozinho a Belém e, portanto, tem de aparecer a sinalizar até que ponto está disponível para fazer fretes ao Governo? Ou é mesmo o possível candidato favorecido pelo Governo? Inclino-me mais para a primeira hipótese. O Governo também não está assim tão desesperado”.

Numa versão muito própria da blogoesfera, que é do texto seco, certeiro, mordaz, Miguel no Insurgente, volta aos escândalos bancários e atira esta: “É claro que com o aumento do controlo político sobre as insituições bancária desaparecem os incentivos para a contratação de ex-Ministros. Acredito que sim”. Quem viu o depoimento de Dias Loureiro na Assembleia da Republica percebe bem do que fala Miguel. Daí é incontornável voltar aos passos da justiça e à forma como o seu estado é debatido entre nós. Muito interessante, a esse propósito, o texto de Francisco Proença de Carvalho no blog 31 da Armada: “Ao contrário de muitos, penso que mais perigoso do que o poder político interferir no poder judicial, são os órgãos judiciais fazerem política. A razão é simples: os políticos nós elegemos, censuramos nas urnas, podemos criticar abertamente. Um político corrupto, desonesto ou incompetente, mais tarde ou mais cedo, acaba, pelo menos, julgado pelo povo. Relativamente aos agentes judiciais nada disso acontece… Em Portugal, sob o pretexto da total independência, temos um sistema judicial profundamente anti-democrático. Somos obrigados a partir do princípio que todos os políticos são uns malandros e, em contraposição, todos os senhores procuradores e juízes são uns santos. Mas se não forem? Quem os julga? Quem os fiscaliza? (...) (...) Numa verdadeira Democracia, é inaceitável que exista um poder tão importante como o judicial, que esteja totalmente à margem da fiscalização popular”

Eis aqui um excelente ponto de partida para um debate aprofundado que nestes momentos, com tantos casos a decorrer e a deixar dúvidas e desconfianças, ganha ainda mais sentido. E por essa via aterro no Abrupto, onde Pacheco Pereira desabafa sobre justiça ainda a propósito do caso Freeport: “Como eu já vi porcos a voar, nada me surpreende. Mas uma variante dos porcos a voar é ver jornalistas a queixarem-se das "fugas de informação" dos processos judiciais”. Pacheco observa o caso todos os dias com base na parcialidade ou imparcialidade dos jornais e televisões e vê tudo à lupa. Quase sempre, mesmo sem querer, dá razão às palavras de António Barreto no blog Jacarandá: “O CLIMA ESTÁ INSUPORTÁVEL. Não o da chuva e do vento, da neve e do gelo. Para esse, há remédios. Mas o clima espiritual. Moral. Político. Como se lhe queira chamar”.

publicado por PRD às 03:19
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds