Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2008

O campeão de Inverno

Daqui a uma hora, mais ou menos, entra em campo o Benfica para jogar com o Nacional e fechar as contas desta primeira parte da superliga, mas na verdade o fim de semana foi fraco para Porto e Sporting. António Boronha, no blog com o seu nome, chamou-lhe “Bodo de Natal” e escreveu: “Depois do 'sporting', hoje foi a vez do 'fc do porto' 'oferecer' ao 'benfica' a possibilidade de um natal mais tranquilo. Vejamos o que é que o 'nacional' da madeira terá preparado para deixar (...) no sapatinho encarnado...”

Pois veremos sim senhor, mas entretanto vamos olhar o estado dos clubes que se deixaram ficar para trás. No blog Direito de Opinião, António de Almeida viu o jogo do Porto com o Marítimo e acha que “os dragões ficaram a dever a si próprios este resultado, tantos foram os lances de perigo não concretizados junto da baliza do guarda-redes Marcos”. No blog Kontrastes, João Ferreira Dias acha que, para variar, o problema esteve no árbitro: “OS ÁRBITROS EM PORTUGAL (...) relembram-me os miúdos que desejam ser polícias-sinaleiros, sempre com o apito para cima e para baixo, a importunar a vizinhança. Os árbitros cumprem esse papel na perfeição, sempre a empatar o trânsito de jogo. (...) A fraca qualidade do futebol português tem nos árbitros grande quota de responsabilidade”. Rocha, no Livre Indirecto, nota que o Porto “vinha de quatro triunfos seguidos para o campeonato, mas esbarrou na defensiva do Marítimo (...) e falhou o pleno nos jogos dos meses de Novembro e Dezembro”. Acrescenta: “Assim, quem esfrega as mãos de contentamento é o Benfica, que passará a quadra natalícia no topo da classificação”. No Sportblog, João Miguel Pereira faz uma boa crónica/relato do jogo e acha que o porto “imitou o Sporting” -  que não é nada poupado no blog Centenário Sporting: “Nada pode justificar, a não ser má preparação, que se jogue como o Sporting jogou no primeiro tempo, sem conjunto, sem alma e sem ambição. Mas também no segundo tempo, embora a diferença de qualidade entre os jogadores se tenha notado, faltou àquele grupo a força anímica de que necessitava para atingir a vitória, algo que fizesse acreditar que seria capaz.
Esta equipa do Sporting CP continua a ter fantasmas que ninguém consegue exorcizar”. Razão tem portanto RFF no blog Hipocrisias Indígenas quando diz que este jogo deixou “a massa adepta com uma azia muito pouco natalícia”.

Do outro lado da segunda circular, tranquilo, Darcy na Tertúlia Benfiquista deixa o contraponto da época: “Aconteça o que acontecer, passaremos o ano confortavelmente instalados no primeiro lugar da Liga. Pescadores, viscondes do Lumiar e andrades fizeram o obséquio de nos proporcionarem esta pequena satisfação. Mas seria ainda melhor se amanhã (ou seja, hoje) conseguíssemos a vitória, para assim nos podermos sentar numa almofada pontual ainda mais confortável. Para além de vir interromper uma recente tendência negativa para as nossas cores, viria ainda despejar um balde de gelo sobre os outros, que já andavam a ficar demasiado exaltados”.

O futebol exalta, claro – mas agora é deixar o Benfica jogar e entrar em período de tréguas. Até 2009 começar, claro.

publicado por PRD às 00:14
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds