Quarta-feira, 12 de Novembro de 2008

Supervisão ou minivisão?

O Caso BPN voltou ontem à ordem do dia, com a audição de Victor Constâncio, noite dentro, no Parlamento. Vale a pena recuperar uma ou duas ideias deixadas por Eduardo Pitta no blog Da Literatura: “A direita zurze em Constâncio, como se Constâncio tivesse metido ao bolso a totalidade ou parte dos milhões que foram pelo cano. Eu também não aprecio o estilo Constâncio, mas não confundo forma e conteúdo. E sobretudo não confundo polícias e ladrões”.  Ora, diz Eduardo, “O que me faz muita confusão é a ausência de bandidos. Há seis anos, quando rebentou o escândalo Casa Pia, os jornais e a TVI “descobriram” milhares de criminosos (...). Desta vez, logo desta vez ninguém sabe onde foram parar 1,2 mil milhões de euros”.

Dito isto, ou escrito isto, já se percebe que Jorge Ferreira deve ter razão quando, no blog Tomar Partido, escreve que “a Assembleia da República marca para o serão as audiências que pretende desvalorizar”. Pedro Correia, no Corta-fitas, acha que “Constâncio, o supervisor que não supervisiona, passa o serão no Parlamento a tentar explicar o inexplicável: por que não interveio a tempo, como a lei lhe facultava e até impunha”.

José Medeiros Ferreira, no Bicho Carpinteiro, também estranha a audiência mas vê o tema de outro modo:”Como ninguém quer convocar Oliveira e Costa, atiram-se a Vítor Constâncio como gato a bofe. Querem ajustar contas com o homem que lhes deu cabo das contas sobre o défice orçamental em 2005”.

Sem querer ajustar contas, Manuel Castelo-Branco é taxativo no 31 da Armada: “Banco de Portugal não precisa de novas leis nem de mais recursos, (...) só precisa de um novo governador”. Miguel Marujo, no Cibertulia, responde-lhe: “Sim, podemos continuar a bater em Vitor Constâncio (...). Mas, muito importante nesta história, não podemos esquecer que os principais responsáveis são os senhores que passaram impunes no BPN desde há muitos anos. Esses sim, cometeram crimes. O polícia só não foi a tempo do assalto”. Mantendo o caso dentro do filme policial, encontro João Pinto e Castro no blog Jugular: “Começa a ser demasiado óbvio que (...) o PSD está muito mais interessado na investigação e condenação dos polícias do que na dos ladrões”.

Nesta falta de tempo ou oportunidade para apanhar o ladrão, talvez Bruno César tenha razão quando escreve no blog Reactor 4: “Se vivemos numa economia de mercado a regulação será anti-natura desse sistema, impedindo desta forma uma eficaz regulação. Muitos querem agora crucificar Vítor Constâncio mas o real problema é a esquizofrenia de todo o sistema. Um sistema que é contra a regulação mas quer ser regulado!”.

No meio do intenso debate, tropeço na descoberta engraçada que João Villalobos traz ao blog Corta-Fitas. E com ela fecho a ronda: “A mascote do BPN para as contas da miudagem chamava-se «O Contas Papa-Euros». Não bastando, o texto para o jogo correspondente reza assim: «Procura todos os euros, não te esqueças das bolhas de ar e cuidado com os tubarões»”. Comenta Villalobos: “C'um escafandro! Esta gente tinha mesmo jeito para as metáforas”...

publicado por PRD às 19:56
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds