Terça-feira, 11 de Novembro de 2008

O apito sem cor

Voltemos ao futebol, já que ontem o dia foi dos professores e por isso deixei passar em claro Paulo Bento e as suas polémicas declarações sobre a arbitragem no jogo da Taça de Portugal com o Futebol Clube do Porto...

Quando estudava, dizia-se que se um aluno tinha má nota, a culpa era dele – se todos tinham má nota, a culpa era do professor. Lembrei-me desta frase-feita depois do jogo de domingo e da arbitragem de Bruno Paixão. Por causa das palavras de Paulo Bento, no futebol o tema voltou a estar na ordem do dia. José Nunes, no blog Linha Avançada, nota este facto. “A grande figura do jogo foi Bruno Paixão, que conseguiu a proeza de pôr os 2 treinadores de acordo. Quem é que não estava?”. Foi isso que encontrei no mundo dos blogues: muita gente do Porto e do Sporting a queixar-se unanimemente do árbitro. Será que por causa disso fez um bom trabalho?

Valupi, no blog Aspirina B, não gostou das palavras de Paulo Bento: “A arbitragem portuguesa, os problemas da arbitragem, tudo isso mete nojo. Penso que o Sporting tem sido demasiado simpático”. Disse que eram “Declarações que metem nojo”. No blog com o seu nome, António Boronha é peremptório: “se arbitrar 'bem' é somar decisões erradas, de igual modo para os dois lados, então Bruno Paixão foi excelente”. A norte, Mário Faria, no blog Reflexão Portista, diz que o pior do jogo foi mesmo o árbitro: “uma calamidade. O jogo foi bastante difícil de apitar, mas o homem foi mau de mais”. O mesmo que pensa um sportinguista, Katanec, no bog 442: ”O jogo esteve "sempre controlado", mas o árbitro não deixou. Portanto, esqueçam lá essas análises complicadas, que é coisa de intelectuais esquisitos”. Se lhe perguntasse, Filipe Sousa, do Futebol de Ataque, deveria estar de acordo. É ele quem escreve: “Erros da arbitragem foram mais que muitos. Parecia ser um jogo bem tranquilo mas Bruno Paixão resolveu deixar a sua marca”.

A ver por estes exemplos, Paulo Bento tem razão pelo menos no que respeita ao trabalho do árbitro neste jogo. Mas estará em causa a aribitragem em geral? Para esta pergunta, não encontro aqui respostas, por isso avanço sem medos para o que escreve o genial Maradona no blog Dieta de Rochemback: “Aconteceu um bom jogo de futebol, pelo que, provavelmente, estamos todos de parabéns. Até o árbitro, uma nulidade apitativa sob qualquer ângulo, conseguiu orientar as coisas de modo a fazer um trabalho tão complexo que não há capacidade de processamento instalada no planeta para descodificar todos os seus pormenores, e assim se identifique quem é que foi prejudicado ou quem é que foi beneficiado. Um conselho de amigo, apenas: essa táctica de inventar faltas atacantes nas grandes áreas para se livrar de apuros já começa a chatear”.

Voltando ao começo: todos ralham, ninguém tem razão, ou porque todos ralham há mesmo razão?

publicado por PRD às 23:22
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds