Quarta-feira, 5 de Novembro de 2008

Eleições nos EUA (II)

O meu post preferido foi colocado às 2:50 da manhã, hora de Lisboa, sete da tarde da Califórnia. Está no blog Cinco Dias e é assinado por David Ávila, correspondente nos Estados Unidos. Diz assim:
“É hora de celebrar. Uma vez que não aceitaram a minha inscrição para voluntário da campanha democrata, nem fiz telefonemas para arrastar pessoas da cama para irem votar, a minha participação para a festa que se avizinha, no Yerba Buena Park será organizar uma claque estilo futebol europeu para animar a malta. Aceito sugestões de cânticos. Até aqui só tenho: “Como se dice? Como se llama? Obama, Obama!”  Preciso alguma coisa para a população WASP cantar (White Anglo Saxon Protestant) e talvez qualquer coisa para as mulheres, que fica sempre bem.

David Ávila”.

Um sinal da alegria democrata com a vitória de Obama nas eleições norte-americanas. Por cá, algumas notas soltas: primeiro, trabalho fraco dos blogues mais políticos, que limitaram a sua presença na net a uns posts curtos, muitas vezes redundantes em relação à informação que a TV e as noticias online iam dando. Uma excepção foi o post de Bruno Garschagen, no Insurgente, quando consegue olhar para a frente e perguntar: “Qual será o futuro do pensamento conservador? (...) Os conservadores americanos têm um imenso trabalho a fazer para recuperar anéis perdidos e curar as feridas dos dedos decepados”.

Outra nota interessante. Quem seguiu a emissão na SIC Noticias reparou que por lá estavam os comentadores da Quadratura do Circulo. Pois bem, Pacheco Pereira foi fazendo o seu Abrupto em directo e ao vivo. Chamou “messiânico” a António Costa depois desta frase do comentador-autarca: “Mesmo que a vitória venha ser estreita, podemos dizer, parafraseando Neil Armstrong : uma pequena diferença que faz uma grande diferença para toda a humanidade”. E há por lá mais pérolas da noite televisiva que vale a pena ler. Surpreendentemente, também José Saramago estava acordado e postou durante a noite eleitoral nos seus Cadernos de Saramago: “Há poucos minutos uma estação de rádio portuguesa quis saber qual seria a primeira medida de governo que eu proporia a Barack Obama no caso de ele ser (...) o novo presidente dos Estados Unidos. Fui rápido na resposta: desmontar a base militar de Guantánamo, mandar regressar os marines, deitar abaixo a vergonha que aquele campo de concentração (...) representa, virar a página e pedir desculpa a Cuba. E, de caminho, acabar com o bloqueio”. Há coisas que não mudam...

Fecho este olhar suave sobre as diversas formas de ver as eleições americanas no mundo dos blogues com uma análise ponderada e interessante de JCS no blog Lóbi: ”Esta ideia de que o mundo vai mudar com as eleições americanas é um bocado histérica. A humanidade está, aliás, muito sensível. Qualquer coisa faz mudar o mundo. O mundo muda todos os dias.(...). Independentemente de quem vai liderar os Estados Unidos nos próximos anos (...), uma coisa é certa: os Estados Unidos não vão mudar. O mundo talvez… mas isso é outra conversa”.

Pois é outra conversa, mas estes resultados, digo eu, ainda vão dar muita conversa. Real e virtual...

publicado por PRD às 23:15
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds