Segunda-feira, 22 de Setembro de 2008

Sócates ao vivo

Momento forte do fim-de-semana foi sem duvida o regresso de José Sócrates ao palanque do partido – em Guimarães, na pele de líder dos socialistas, e perante 10 mil apoiantes, Sócrates disparou em todas as direcções. No blog da Conselhia do PS de Ansião resume-se o discurso: “O secretário-geral do PS disse que a «esquerda do passado, imobilista e conservadora, nada tem a oferecer ao país»”.

José Lopes, no blog O Guardião, não está de acordo: “Não sei se José Sócrates pretendeu afirmar que o seu PS é um partido de esquerda moderna, porque então a tal modernidade matou o socialismo que reclama. As suas políticas laborais, para citar apenas um exemplo, são a maior conquista do patronato desde o 25 de Abril, indo mais além das ideias de Bagão Félix”. No Câmara de Comuns, Carlos Manuel Castro elogia. “Bom discurso de Sócrates, em Guimarães, salientando muitos exemplos das boas medidas e marcas deste Governo. Por outro lado, o líder socialista evidenciou que só o PS tem um rumo concreto para o País, dado o estado inexistente da oposição, seja pelo silêncio da direita ou o reaccionarismo da esquerda”. Carlos Nunes Lopes, no 31 da Armada, também lhe reconhece a convicção: “Apresentou-se em Guimarães como o homem que salvou as pensões dos portugueses da crise financeira. (...) Pareceu-me ideologicamente convicto do que berrava”. Mas, por outro lado, acha que o lider socialista “gosta de ficção” quando o vê ”a narrar o país que Governa”. Por isso se interroga: “Governo da República ou Funtastic Life?”

Rui Costa Pinto no Mais Actual vê no discurso, ironicamente, uma “Estratégia ganhadora”.... Mas é a de Manuela Ferreira Leite, que, diz ele, “deu resultados. Basta rever o discurso de José Sócrates, na rentrée política do PS. O secretário-geral do PS esteve igual a si próprio, talvez um pouco mais teatral e eufórico. Não acrescentou nada de novo, mas foi obrigado a dar um passo em frente, a disfarçar tudo o que está mal, revelando que está cada vez mais divorciado do dia-a-dia dos portugueses”. Ou seja, PS ao nível do PSD, segundo o blog. No discurso revelou-se o novo slogan do PS, “A força da Mudança”, que inspirou João Gonçalves: viu um José Sócrates "obamizado", de Obama, achou-o eufórico “como os velhos apresentadores dos eurofestivais da canção”. Esta ligação a Obama não é única, claro: em muitos blogues se diz que o PS segue a linha de propaganda e marketing do candidato norte-americano ao usar a palavra mudança. Mas a essa análise imediatista responde Rodrigo Saraiva no Câmara de Comuns: “Ouvi alguns comentaristas dizerem que José Sócrates se inspirou em Obama. Não só no uso insistente da palavra "Mudança" mas também no plano cénico, colocando pessoas atrás de si! No plano cénico ainda aceito, mas ao nível do uso da palavra "Mudança", há que pensar melhor. Obama concorre em oposição! Logo o conceito é outro”.

Na verdade, usar a palavra mudança num governo que está a governar é, no mínimo, uma ousadia. E pode ser usada contra o próprio. A ver vamos como a oposição reage por estes dias. Cá estarei para acompanhar pelos olhos do mundo dos blogues...

publicado por PRD às 19:49
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds