Sexta-feira, 18 de Julho de 2008

Blog da semana: Lisboa SOS

 

Duas semanas depois do incêndio que nos acordou de novo para o pesadelo do Chiado a arder, uma busca rápida na blogoesfera permite-nos encontrar inúmeros blogues que falam de Lisboa, alguns deles já foram aliás destacados por aqui. A maioria está ligada a associações de moradores, ou Movimentos como o Fórum Cidadania Lisboa, que tem o excelente Cidadania LX que “se destina a aplaudir, apupar, acusar, propôr e dissertar sobre tudo quanto se passe de bom e de mau na nossa capital”.

No entanto, para blog da semana escolhi uma página mais recente, com pouco mais de um mês de vida, mas cuja filosofia e conceito ma pareceram atraentes e muito de acordo com um modelo de blog de intervenção rápida. Chama-se Lisboa SOS e por baixo do titulo tem esta pergunta simples:”É esta a cidade onde quer viver?”

O blog não é mais nem menos do que isso: imagens, dezenas de imagens da Lisboa onde nenhum lisboeta quer viver: abandonada, degradada, suja, absurda, ridícula, alarve, esquecida, pobre, perdida.

O autor ou autores anónimos dizem apenas: “Este é um blogue de cidadãos preocupados com o estado de degradação de Lisboa. Não tem partidos, ideologias ou outras intenções que não sejam fazer de Lisboa uma cidade melhor. Pela força do hábito, muitos lisboetas já nem reparam no estado de degradação dos espaços públicos da sua cidade. Este é um blogue contra essa distracção”.

Em poucas semanas, a galeria de imagens, melhor seria chamar-lhe galeria de horrores, é notável, e mostra realmente a cidade que tantas vezes nem vemos, tal é a força do hábito. São sequências de fotografias alucinantes – dos prédios devolutos aos mal tratados, de monumentos de arquitectura arruinados pelos ares condicionados ou pela sujidade, dos perigos que espreitam nas tuas aos absurdos mais estranhos e inesperados.

O blog apela à participação dos seus leitores, e pede fotos devidamente identificadas, e tem um link especifico para reclamações à Câmara de Lisboa.

Podem encontrar o blog em http://lisboasos.blogspot.com. Para ver, pensar, ou ganhar coragem e participar com o que devemos denunciar para ver a cidade capital recuperar a sua cara lavada e o seu futuro sorriso.

publicado por PRD às 19:40
link do post | comentar
2 comentários:
De Nuno de Sousa a 12 de Dezembro de 2008 às 21:20
Um belo texto e é sem duvida um excelente blog este do SOS Lisboa.
Ontem fui convidado pelos seus administradores a colocar umas fotos do Padrão dos Descobrimentos que enviei para o concurso "Novos Talentos FNAC 2008" e como gostaram pediram para o colocar no seu blog..o que muito me honrou, e andava eu a procurar um texto para dar a conhecer este espaço, deparei-me com o seu texto.
E vinha por este meio solicitar a sua autorização de retirar algumas partes deste seu texto para o colocar no meu blog, gosto da fotografia mas com pouco jeito para a escrita, e como gostei do que li gostaria de poder retirar daqui algumas frases, isto se tiver o seu consentimento, visto que uma coisa é tirar sem consentimento e isso não gosto e prefiro pedir ao seu autor é isso que peço que me façam, quando gostam de alguma imagem minha.
Obrigado

Cumprimentos,
Nuno de Sousa


De Nuno de Sousa a 12 de Dezembro de 2008 às 22:31
Caro PRD,
Coloquei agora o post no meu blog no seguinte endereço: http://nunoalexsousa.blogspot.com/2008/12/blog-lisboa-sos-esta-cidade-onde-quer.html
Se por acaso não estiver de acordo com o texto que ali coloquei, parte dele retirada do seu, onde dei indicação disso mesmo no final do post, diga que retiro.
Apenas queria hoje colocar para dar a conhecer aos visitantes do meu blog para irem conhecer este espaço sobre Lisboa.
Esperando que não me leve a mal deixo aqui o meu abraço e agradecimento.
Deixo o meu e_mail caso pretenda alguma coisa.
Disponha sempre.
Cumprimentos,
Nuno de Sousa
nuno.alex.sousa@gmail.com


Comentar post

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds