Quarta-feira, 4 de Junho de 2008

Pobretes mas alegretes

 

“O jogo está perigoso, sr. engenheiro” – o titulo do post de David Dinis no blog O Insubmisso inspira. E diz assim: “Manuela Ferreira Leite é a nova líder do PSD. Manuel Alegre junta-se num comício com bloquistas e renovadores comunistas, depois dos alertas de Soares. Cavaco vai deixando avisos sucessivos sobre a crise. Os combustíveis não param de subir, nem tão pouco os preços dos alimentos. A crise subprime está a caminhar para o pico - com tudo o que isso implica no arrefecimento económico do Ocidente. E falta só um ano para as eleições. O eng. José Sócrates terá pela frente uma dura batalha. E ando eu há dois anos a escrever que a maioria absoluta não era garantida...”

Pois bem, de todos estes pontos, escolho mesmo o comício que reúne Bloco de Esquerda, ex-comunistas e... e o socialista Manuel Alegre. Escreve Rodrigo Moita de Deus no 31 da Armada: “Que as esquerdas se unam, eu compreendo. Que Manuel Alegre vá, eu compreendo. Que os socialistas se chateiem, eu compreendo. Compreendo tudo isso. Só não compreendo o "comício-festa". Comício ainda vá que não vá, mas festejar? Festejar o quê?”

Depois de rir com Rodrigo, não fico mais sério com Tomas Vasques no Hoje Há Conquilhas, mas levo a sério. Escreve ele: “Manuel Alegre é cabeça de cartaz. Atrás do deputado socialista, à babuja, caminha o BE. Depois, segue a procissão de deserdados. O andor ficou recolhido na Igreja: o PCP tem o mérito de não alinhar em «caldeiradas» pequeno-burguesas”. Ao mesmo tempo, no Portugal dos Pequeninos, João Gonçalves põe ordem na casa: “A esquerda da esquerda da esquerda portuguesa organiza um evento folclórico qualquer. O país - não falo dos jornais, das televisões, dos blogues ou de meia dúzia de restaurantes de Lisboa - ignora muito adequadamente o ruído. Tornou-se, no entanto, "importante" porque o bardo Manuel Alegre participa. Alegre regressou à sua angústia do milhão de votos, mortos e enterrados em Janeiro de 2006”. Regressou e terá dito, segundo escreveu Jorge Ferreira no “Tomar Partido”: "A minha lealdade é para com os portugueses e para os que votaram no PS e estão na pobreza". Comenta o politico ligado à Nova Democracia: “Uma chatice para Sócrates este Manuel Alegre. Por muito que digam que ele não sabe o que fazer com o milhão de votos que recebeu, a verdade é que ele não se cala. Por muito que digam que ele só fala, e é verdade, ele fala”.

É verdade: ele fala. Mas com dificuldade encontro no mundo dos blogues quem, não sendo seu companheiro e ou camarada, o defenda. Por mais que se sintam alheados da politica, os portugueses ainda assim não gostam de ver políticos a saltitar entre dois carrinhos, e Alegre acaba por dar essa imagem mesmo que ela não corresponda ao que ele pensa.

Da minha Janela Indiscreta, o que vi ontem e hoje foram olhares pouco simpáticos sobre essa caldeirada à esquerda. E cá ficou o que eu vi.

publicado por PRD às 17:51
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds