Segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2008

Alegre se fez triste?

O Bloco de esquerda não marca a agenda, o PCP não marca a agenda, o PSD não marca a agenda, o PP às vezes marca a agenda politica. Mas quem está mesmo na vanguarda é o clássico Manuel Alegre, que voltou, isso sim, a marcar a agenda com declarações que deixaram o PS aos gritos. Blogoesfera fora, opiniões que recolho...
José Teófilo Duarte, no Blog Operatório, acha que Alegre “continua a pôr-se em bicos de pés, insistindo em existir politicamente”. Teófilo concorda com António Guerreiro, que escreveu no Expresso:  “bem pode Manuel Alegre invocar o mar, convocar tempestades, e evocar ondas, que nem a mais leve brisa por aqui passa".
Bruno Alves, no blog O Insurgente, nota que “o aspecto mais triste” desta aparição permanente é a “realidade que a oposição de Alegre põe a nu: ele é a oposição. (...) Manuel Alegre é, pura e simplesmente, o rosto da única alternativa a Sócrates que é oferecida aos portugueses. Todo o país é rosa: o governo é do PS, e a oposição também. À sua volta, está a irrelevância, o vazio ou o silêncio”.
Paulo Pinto Mascarenhas, no blog da revista Atlântico, revira o texto ao contrário e vê outra paisagem. Escreve ele: “As voltas e reviravoltas de Alegre convêm em primeiro lugar a José Sócrates. Por um lado, Alegre e o seu movimento têm a capacidade de evitar o potencial crescimento do Bloco de Esquerda (...). Por outro lado, porque o PS poderá assim ter o seu candidato genuinamente socialista nas próximas presidenciais, não se vendo obrigado à humilhação de engolir Cavaco Silva”.
Um olhar inteligente e perspicaz, sem duvida.
Luís Carvalho, no blog Instante Fatal, não vai por aí e acha mesmo que Alegre quer deixar o PS do poder bem triste:
“A três anos das presidenciais e a dois das legislativas, a voz de Alegre é já o canto e as armas para tirar a Sócrates o que ele tem a mais: a arrogância e a maioria”.
Pelo caminho, Paulo Gorjão, no Cachimbo de Magritte , lembra que “José Sócrates gosta tanto de pluralidade interna e de discussão como eu gosto de ir ao dentista”. Não gostará portanto de saber que pessoas como Miguel Silva, no blog Bios-Politikos , defendem que “Faz falta ao sistema político-partidário uma força de esquerda com a implantação eleitoral do PS. (...) Deixem o PSD voltar a encontrar uma referência séria para líder, com um discurso ideologicamente coerente e sério, para ver o pandemónio em que se vai transformar o Largo do Rato”.
De outro lugar, Joaquim, no blog Portugal Contemporâneo, observa que Portugal pertence à Europa e não pode, por isso, ser socialista como Alegre gostaria: “As politicas (...) de que Alegre fala não estão apenas fragilizadas por serem do passado. O governo de Portugal não tem autonomia para as pôr em prática”.
Talvez por isso o anónimo que assina o blog Jumento olha a semana como um tempo dos “vencidos” e escreve: “Manuel Alegre organiza uma procissão de vencidos, desiludidos e desempregados políticos em nome de uma esquerda cheia de sonhos por realizar”.
Tantas opiniões para um só homem. Era o que eu dizia no começo: Manuel Alegre é o homem que marca a agenda da oposição ao governo. Ao que chegou a politica em Portugal...


publicado por PRD às 19:09
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds