Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2008

Regresso ao relvado

Há já algum tempo que não observo a blogoesfera do ponto de vista desportivo, isto é, futebolístico...
A Superliga voltou, a Taça também, decidi hoje dar uma vista de olhos a ideias soltas que por aí vagueiam...
Vejamos Bruno Sena Martins, que no blog Avatares de um Desejo é sempre um comentador de precisão. Falava há bocado sobre Quaresma e os assobios de que foi alvo e escrevia: 

“É uma evidência do mercado que a principal liga portuguesa de futebol não merece a presença de um jogador da monta de Quaresma. Que nesse quadro de imerecido privilégio haja adeptos do Porto dispostos a assobiar (...) aquele que tem sido o único vestígio de majestade no período pós-mourinho é uma estupidez difícil de qualificar. Para a próxima tentem pôr esses vossos dedos nojentos na boca até sufocarem. (...) Quem não tem paciência para a prazeirosa economia de tentativa e erro do Quaresma não merece viver, muito menos arvorar-se portista”.
Violento, sem dúvida, mas não menos meigo com o jogador Vukcevic do Sporting:

“Para quem cresceu edificando a compleição emocional a ver futebol, Simom Vukcevic representa um óbvio anti-psicótico. Pode ganhar milhões e desprezar tudo aquilo que nos foi negado, mas não sabe o que perde”.
Ainda no terreno verde, vou até ao blog Pastoral Portuguesa, onde Rogério Casanova prometeu que só voltaria a escrever quando o Sporting cometesse proeza que agora nem me ocorre. Mas ele lá voltou na mesma, para dizer: “Espero que os mais cínicos entre vós não venham com argumentos aborrecidamente literais para questionar o inquestionável: o meu mérito pessoal em tudo isto. Parece-me evidente que o Sporting não tem, nesta altura, o plantel necessário para golear um clube que joga apenas três escalões abaixo do seu sem a minha colaboração activa. (...) Se o Sporting não ganhar ao Porto comprometo-me a ler na íntegra aquele livro do José Rodrigues dos Santos sobre filatelia, e a postar aqui um exaustivo relatório no prazo máximo de sete dias úteis após o apito final”. Nova promessa, portanto.
Do lado do Porto, encontro José Gabriel Quaresma no blog Finta e Remate. Escreve ele: “Matemáticas, deslizes, o Porto é a melhor, mais sólida e eficaz equipa a jogar em Portugal, e por isso vai sozinho, abandonado, mas feliz lá na frente. Se há gente que não se grama, dentro do balneário, em campo 11 dragões formam um só. Parem então os boatos. Sempre se disse que o balneário do Benfica era o mais triturador de todos. Publicamente é o reino dos céus”.
E assim fecho o dia do lado do Benfica, onde encontro Rodrigo Moita de Deus, no 31 da armada, confirmando:
“Estamos mesmo em crise: dei por mim a festejar a vitória do Benfica, por um a zero, em casa, num jogo com o Feirense”.
Ou melhor ainda o Tó no blog Águia de Ouro: “E o Benfica lá passou!
Exibição pobre, rasgos de qualquer coisa de equipa de 1ª linha (...)! José António Camacho criticou, mas também ele terá culpas no cartório em relação aos jogos e exibições dos seus pupilos!”

Sofre-se muito no futebol. E nos blogues também, digo-vos eu...
publicado por PRD às 23:03
link do post | comentar
1 comentário:
De José Gabriel Quaresma a 4 de Janeiro de 2010 às 23:58
Meu caro,

Wrong.
O JGQuaresma não é do FCP.

Lamento

JGQ


Comentar post

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds