Quinta-feira, 27 de Dezembro de 2007

2007, parte dois

Ontem escolhi aqui os meus dez bloggers do ano (nota aos leitores: uma partida do meu computador fez-me perder esse texto, pelo que só pode ser ouvido no site da Antena 1 - mas reproduz, no essencial, o texto "Os Meus Bloggers" que está em http://pedroroloduarte.blogs.sapo.pt ), numa perspectiva de mostrar variedade, qualidade e surpresa, e não na clássica escolha dos melhores. Expliquei, e não é demais repetir, que não se consegue escolher os melhores num universo tão vasto e tão desconhecido – não há minuto em que não nasça um novo blog, e pode ser o melhor, mas vai demorar até que eu, a comunidade, todos ou outro qualquer observador solitário, o conheça, o reconheça.
Daí a minha escolha ser sobre exemplos que me tocaram ao longo do ano.
Hoje abordo o ano blogosférico pelo lado do prazer da descoberta. Na verdade, fala-se muito, nomeadamente aqui, na Janela Indiscreta, nos blogs enquanto palcos de farto debate político. Assim é, efectivamente. E a ele me dedico recuperando diariamente os temas da actualidade para esta rubrica. Mas a par com os blogs mais mediáticos, diria, com maior intervenção, ligados a correntes ideológicas precisas, há um vastíssimo mundo que pode captar a nossa atenção.
Por exemplo, os blogs de quem, por uma razão qualquer, vive fora de Portugal. Ao longo de 2007 descobri e destaquei alguns deles: gosto particularmente do Sushileblon, mas não dispenso esse notável Mind this Gap, dedicado ao levantamento das histórias de quadros portugueses que escolheram trabalhar fora de portas, como frequento um conjunto de blogs assinados por arquitectos radicados nos Estados Unidos. Comecei no Caderno Vermelho e fui por aí fora.
Aliás, a forma de chegar a este outro mundo é simples: basta conhecer um blog. Logo aparecerá o link, a ligação, para outros da mesma natureza. E nesses haverá mais ligações. Como uma teia, todos os caminhos se vão ligando, ligando, e repentinamente estamos envolvidos numa comunidade que passa a ser um bocadinho nossa.
Nesta descoberta deixo mais duas dicas deste ano: os blogues dedicados à gastronomia e alimentação, e os blogues dedicados à gravidez.
No primeiro caso, bom, são receitas, experiências, fotografias, sugestões, viagens culinárias. Um mundo que não acaba e que praticamente nos permite, de blog em blog, improvisar um manual de cozinha muito completo. Nesse âmbito, quando à culinária se junta o talento na forma de contar/ensinar as receitas, entramos no superior domínio do puro prazer: foi isso que descobri no blog Ardeu a Padaria, e que com frequência se encontra noutros domínios.
Os blogues dedicados à gravidez são, quase sempre, os diários dos nove meses das respectivas mães. Muitas vezes acompanhados de fotografias do enxoval do bebé ou das obras no quarto para receber o novo familiar, mas também com aconselhamento, ou dicas de quem tem mais experiências, desabafos dos momentos mais ou menos difíceis pelos quais passa uma mulher grávida. Uma busca por este mundo revelará lugares de reflexão, de conselhos, de cumplicidades. Acima de tudo, de amor.
E amanhã eu volto para fechar este olhar suave sobre um ano inteiro de Janela Indiscreta.
publicado por PRD às 18:51
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds