Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2007

Metro a metro

300 milhões de euros mais tarde, Lisboa tem a Linha azul do metropolitano completa. Já se dividem os passageiros entre os que se recusam a passar no túnel do Terreiro do Paço e os que acreditam nas palavras do Ministro Mário Lino e acham que está ali o mais seguro subterrâneo do planeta.
Vamos ver como a blogoesfera olhou o acontecimento, começo no Dia do Blog com André Clemente:
“Dez anos para se concluir o ultimo troço da linha azul ? E apanharam-nos a olhar para baixo e roubaram-nos as colunas (…) do Cais que recebeu o Tsunami em 1755... É como as obras que nos fazem à porta de casa que, quando concluídas, se eternizam em sobras de calhaus e terra que de forma alguma poderiam ser removidos por quem os aportou ou criou… Assim fica mais interessante palmilhar calçadas, entre os entorses e os despojos do obrar canino que cada vez mais minam as ruas de Lx e arredores”.
Pedro Correia, no Corta-Fitas, assiste à inauguração e comenta:
“As televisões berram o acontecimento em directo como se a coisa tivesse impacto nacional. Ouço Sócrates falar. Este homem não se cansa de discursar. Fala pelos cotovelos em qualquer lado, a qualquer momento. A ele, que tanto gosta de citações, recomendo-lhe esta, do general De Gaulle: "Um líder é aquele que não fala. Nada contribui tanto para a autoridade como o silêncio."
Rui Costa Pinto, no blog Mais Actual, lamenta toda a inauguração e vai ao passado:
“Resta a consolação do exemplo de Jorge Coelho, então ministro das Obras Públicas, que assumiu a responsabilidade política do acidente no túnel do novo traçado do metro, que custou dezenas de milhar de euros. Naquele tempo, os governantes ainda tinham vergonha política na cara e a mentira descarada não era compensada eleitoralmente”.
Mak, no blog  O Bom, o Mau e o Vilão, depois do trocadilho “Eu não metro lá os pés”, escreve:
“Para além de providenciar acesso directo ao Lux por parte dos cidadãos da Pontinha, Carnide e Amadora, traz de novo a Lisboa a promessa de diversão dos parques aquáticos, algo que caiu em desuso depois da tragédia do Aquaparque. Podem vir ministros dizer que era nesse túnel que se iam esconder em caso de terramoto, podem demonstrar-me que a dupla cofragem é praticamente invulnerável, mas o facto é que num país em que boa parte dos projectos derrapam e metem água até serem concluídos, porquê testar a sorte e ir enfiar-me dentro de um que o fez literalmente durante muitos e bons anos…”
Parte boa da história: metro até Santa Apolónia, uma ligação essencial à cidade. Parte má: ninguém quer continuar a ver obras em Portugal com derrapagem obrigatória. E siga o comboio...
publicado por PRD às 18:57
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds