Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2009

PSD'09

Nem Cristo desce à terra nem o PSD almoça. E chegamos ao Natal com o Partido aos tombos, sem rumo e sem sentido. Pedro Marques Lopes, à espera da liderança de Passos Coelho, atira-se esta semana a Santana Lopes: “A proposta de Congresso extraordinário seria risível se não servisse para mostrar o grau de desespero e descontrole de quem ainda manda no PSD. Discutir o país e o partido? Então não nos foi vendido que o Instituto Sá Carneiro tinha feito um levantamento exaustivo dos problemas e que tinha elaborado várias propostas? Servirá este congresso para humilhar a direcção cessante, mostrando que afinal não fizeram rigorosamente nada e deixaram o partido num estado pré-comatoso? O que será que ainda falta discutir sobre o país e o partido? Tudo isto é demasiado patético para ser levado a sério”.

Tiago Moreira Ramalho também duvida das intenções de Santana: “Se o problema fosse de ideias, então uma reunião assim cheia de luz e brilho para que elas se discutissem seria extraordinária. O caso é que o problema do PSD não é, de todo, um problema de ideias. É um problema de pessoas”. Paulo Pinto Mascarenhas no ABC do PPM resume tudo a uma frase:

Dêem-lhe um congresso que ele põe o Passos no bolso”.

Ele é Santana Lopes, Passos é Passos Coelho.

No blog António Maria, António Cerveira Pinto faz uma análise mais vasta e profunda do momento politico no maior partido da oposição: “A turbulência nefasta que atravessa o PSD há anos é um dos fermentos que lentamente tem vindo a provocar a inevitável recomposição do panorama partidário nacional. Uma cisão Norte-Sul, ou entre sociais-democratas populistas e liberais, que pode estar prestes a ocorrer no seio do PPD-PSD, seria contudo decisiva para acelerar de uma vez por todas a clarificação necessária do actual sistema político-partidário. (…) As actuais dicotomias felizes entre a "esquerda" e a "direita" (…) poderão dar lugar a uma maior sofisticação, quer nas agendas políticas, quer nos debates públicos, quer sobretudo nas acções legislativa e governativa”.

Enquanto tal mudança não ocorre, Francisco Proença de Carvalho acha, no 31 da Armada, que “O actual PSD “cegou” politicamente! Asfixiou-se…Passou a agir em função de um caso particular, o da pessoa do 1.º Ministro. A partir daí a sua acção política tem-se movido em torno do ódio a esta pessoa e aos que a rodeiam”. E reclama mudança, claro: “a próxima liderança do PSD (seja ela qual for) tem sobre os seus ombros a enorme responsabilidade de inverter esta tendência. Primeiro que tudo terá que trazer o partido de volta aos seus eleitores e às suas expectativas. Se não o fizer, o partido continuará alegremente a sua caminhada rumo aos 20%. Seria triste e muito prejudicial para a democracia portuguesa…”.

Se o mundo dos blogues pode reflectir de alguma forma a realidade cá fora, então a ver por ali o PSD continua a definhar, perdido, partido e repartido, à espera de quem lhe pegue e o reconstrua. Já não vai ser em 2009.

 
 
 
 

publicado por PRD às 02:03
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds