Segunda-feira, 2 de Novembro de 2009

Confusão na bola

Fim de semana intenso no mundo do futebol - e o Benfica havia de perder com o Braga, e o Porto e o Sporting haviam de empatar, isto parecia combinado...

Reparem como logo o discurso dos adeptos muda: “O treinador, reafirmo, é o responsável número um e (...) terá muitas culpas, (...). Mas, nesta altura da época, não seria de esperar mais de vedetas principescamente pagas como Meireles, Hulk, Rodriguez, Falcao ou Belluschi?”. Isto escreveu José Correia no blog Reflexão Portista, mas ideias do mesmo tipo encontro, por exemplo, no blog Mesa Redonda pela mão de Francisco Aragonêz:
“O Benfica não desiludiu, pois jogou (segundo as crónicas) abaixo do seu normal, mas sem nunca ter jogado mal. Teve 14 cantos contra 1 ou 2 do Braga, salvo erro;
Observa-se que o Benfica é neste momento um "alvo a abater" pelos outros clubes (...)
Gostaria que todos tivessem a coragem de falar do golo anulado ao Benfica, como o fizeram no lance do penalti de Aimar”.

Ou seja, e a bem dizer, a clubite está viva e acontece, como se pode ler no 31 da Armada com o benfiquista Rodrigo Moita de Deus: “Paulo Bento é um homem azarado. Os jogadores não gostam dele. Os adeptos não gostam dele. As bolas não entram e, para cúmulo, até Manú marca golos. Grandes golos”.

Nelson Marques, na Tribo do Futebol, escreve que “O futebol é, de facto, um lugar estranho. Um limbo entre o Céu e o Inferno, feito de paixão e emoção, onde há pouco espaço para a razão e a coerência. Um mundo de contradições. Um mundo ao contrário.”.

António Boronha, no seu blog, via e reflectia sobre o Sporting e pedia a cabeça de Paulo Bento: “O treinador do 'sporting', pessoa que pessoalmente admiro como homem íntegro e profissional competente, é hoje um treinador para além do mais sem sorte.(...)  Doa a quem doer, e vai doer! Por muito injusto que seja e é! Paulo Bento já não tem lugar neste 'sporting'.

Do lado do Benfica, mau perder no blog Bate Bolas: “É inquestionável que o Braga está fortíssimo esta época (...) Têm todo o mérito por ter ganho o jogo, mas há outro facto induvidável: o senhor árbitro meteu o dedo outra vez”. Rita Neves, na Tertúlia Benfiquista, no mesmo sentido: “A Nossa Classe esteve toda lá! A do Braga também. Tinha sido melhor, para ambas as equipas, e mais bonito para mim, se não houvesse "ajudas".

O futebol é imparável. Mas pode haver um momento de paragem, breve que seja. Muitos blogues, mesmo muitos, falaram entre ontem e hoje do radialista António Sérgio. Um dos nossos, um de nós.

Deixo o futebol de lado e radical, como ele sempre foi, escolho uma voz, uma só voz. A de Teresa Ribeiro no Delito de Opinião:

“Quando começou a sua carreira era preciso ter voz para fazer rádio. E que vozeirão ele tinha. António Sérgio, o autor e apresentador de programas como Som da Frente e Lança Chamas foi uma referência para os amantes do éter e um exemplo de profissionalismo para os seus colegas. Sempre na vanguarda da música, também na hora da despedida se chegou à frente. Demasiado à frente”. Deixo o testemunho e uma frase de Nuno Galopim: “Foi com ele que aprendi a ouvir música. Obrigado, Sérgio”.

publicado por PRD às 00:47
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds