Terça-feira, 15 de Setembro de 2009

Campanha Eleitoral (II)

Daqui até ao dia 27 dificilmente esta Janela se abrirá a outros temas que não a politica, tanto mais que, em plena campanha, há no mundo dos blogues espaço para reflexões relacionadas com o momento, porém laterais aos espaços de campanha. Vamos olhar alguns desses olhares laterais, que incluem noticias, ou pelo menos rumores, como este que encontro no blog de José Paulo Fafe: “CORRE POR aí que PS e PSD dispõem de sondagens bastante credíveis que dão uma vantagem de cerca de 7 pontos de José Sócrates sobre Manuela Ferreira Leite (...) ... Mas nem uns nem outros estariam muito interessados em "tirá-las da gaveta": os social-democratas porque os números são mais do que desalentadores; e os socialistas porque já aprenderam a "lição das europeias", quando um exagerado optimismo baseado em sondagens (...) levou a que muito do seu eleitorado ficasse em casa e outros resolvessem dar uma "ajuda" ao Bloco de Esquerda. Citando o dr. Portas, "cautelas e caldos de galinha(...)"...

Fica por confirmar. Confirmado está o interesse dos eleitores pelos debates televisivos, quase sempre e quase todos acima do milhão de espectadores. Sofia Loureiro dos Santos, no blog Defender o Quadrado, também achou este serie de debates “muitíssimo interessantes. (...) Houve uma grande atenção aos debates, o que demonstra que as pessoas estão interessadas e preocupadas com o desfecho destas eleições, (...) que há um regresso à disputa ideológica entre direita e esquerda tendo todos os protagonistas procurado explorar e acentuar os pontos de divergência. Outro aspecto muito importante que esteve presente em toda a pré-campanha, antecedendo até estes meses eleitorais, foi a discussão da honestidade, do carácter, da seriedade e da credibilidade política dos líderes partidários e da forma como os seus partidos se posicionam em termos éticos”.

O problema agora é que a ética fica em geral á porta da campanha eleitoral. Paulo Gorjão no seu Vox Pop lembra aos eleitores para não se esquecerem de levar “garrafa de oxigénio”. “Manuela Ferreira Leite desvalorizou o optimismo manifestado por José Sócrates com os mais recentes indicadores económicos, considerando que “estamos todos debaixo de água, mas ele entende que é igual morrer afogado a 12 metros de profundidade ou a 13 metros. Para mim não é tudo igual. Não quero é morrer afogada.” Enfim, o que dizer disto? Não há muito para dizer. Vão ser 12 dias divertidos. Pouco sérios, mas divertidos. Afinal, já se sabe há muito tempo que em tempo de guerra a verdade é a primeira vítima”.

Saindo então da verdade para o espectáculo, palavra a Nuno Dias da Silva que observou no seu blog a estreia do Gato fedorento em campanha entrevistando José Sócrates na SIC: “Na conversa com Ricardo Araújo Pereira, (...) Sócrates marcou pontos, sabendo ele que estava a ser visto por uma audiência mais ampla do que a que assistiu aos debates e, mais importante, por um eleitorado mais jovem, muitos deles que votam pela primeira vez, e que necessitam de ser convencidos. O estilo cool e sem gravata também ajudou. Irrepreensível, dizemos. Porreiro, pá!”. Hoje à noite, é a líder do PSD que responde às perguntas do Gato Fedorento. E faltam 12 dias para as eleições

publicado por PRD às 18:55
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds