Quarta-feira, 9 de Setembro de 2009

Debates (II)

Era um dos debates mais esperados desta ronda televisiva – o imparável Louçã frente ao feroz José Sócrates. E bom, se o líder do PS podia, até ontem, dizer que a blogoesfera era um bando de inimigos, hoje é melhor que se cale: a vitória foi-lhe entregue praticamente por unanimidade. E talvez o resumo, sem elogios nem adjectivos, esteja neste post de Rodrigo Moita de Deus: “Sócrates foi inteligente. Louçã, habituado a discutir o programa dos outros, não estava preparado para discutir o seu próprio programa. Sócrates, durante meia hora, fez de Louçã candidato a primeiro-ministro. Pior. Louçã imaginou-se no lugar”.

Resultado final, segundo Paulo Pinto Mascarenhas no ABC do PPM: “José Sócrates ganhou este debate ao centro, não sei se o perdeu à esquerda. Mas remeteu Louçã para os chavões bloquistas anticapitalistas e ainda terminou a atacar Manuela Ferreira Leite”.

No Delito de Opinião, Carlos Barbosa de Oliveira revela a estratégia do actual primeiro-ministro: “Parece claro que Sócrates ganhou pontos e roubou votos ao adversário. Mas não só… ao afirmar-se social democrata - o que não é novidade para ninguém - piscou o olho aos eleitores do PSD que não se revêem em MFL e sabem que se ela ganhar teremos um governo que fará todos os portugueses sentirem saudades de Sócrates”.

Inesperadamente, até Pedro Santana Lopes veio ao terreiro no seu blog reconhecer a vitória do socialista: “José Sócrates ganhou bem, tendo conduzido eficientemente o debate e não tendo tido qualquer pejo em continuar a "socar" o seu adversário onde ele se revelou mais frágil. Foi interessante de ver como o "feitiço foi virado contra o feiticeiro". Há muito tempo que digo e escrevo isto mesmo. Era preciso perguntar aos que só atacam, por aquilo que verdadeiramente defendem. José Sócrates fê-lo muito bem”.

Outras ideias soltas, Carlos Santos no Câmara de Comuns: “Não foi só vencer. Foi vencer o mais temível dos adversários. A demagogia é sempre difícil de derrotar. Mas quando é derrotada, é a democracia que ganha”.

Destoando ligeiramente, José Medeiros Ferreira no Bicho Carpinteiro acho que o jogo foi diferente: “Houve uma tendência mútua neste frente a frente entre José Sócrates e Francisco Lousã em jogar para o empate. Curiosamente foi o líder do BE quem mais se ressentiu da falta de «parlamento» no debate”.

E até consegui encontrar quem tenha dado a vitória a Louçã, o blog Atributos: “Sócrates, nervoso, só se defende. A culpa de tudo o que de mau acontece em Portugal é de todos, da crise internacional, mas nunca dele. (...) Louçã ataca, sorri e marca pontos”

E timidamente, no Arrastão, Daniel Oliveira preferiu notar que, a seguir ao debate, nas televisões, “os comentadores de direita têm quase o esclusivo da análise de um debate fundamental para o eleitorado de esquerda”.

Mas até pela timidez de Daniel horas passadas sobre o debate, parece claro que José Sócrates ganhou sem mácula o debate que potencialmente poderia perder. Faltam 18 dias para as eleiç

publicado por PRD às 00:50
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds