Segunda-feira, 20 de Julho de 2009

Na Lua

A Janela hoje vira-se para cima, não me interpretem mal, vira-se para a Lua. Literalmente. Há 40 anos o homem conseguiu essa proeza notável, admirável, de dar o tal pequeno passo que foi gigante para a humanidade. Um bom trabalho, no âmbito desta efeméride, é aquele que tem sido feito no blog Sound and Vision dos jornalistas João Lopes e Nuno Galopim. Ontem ainda recordava João Lopes: “Proezas do génio cinematográfico: um ano antes de Neil Armstrong e Buzz Aldrin caminharem sobre a superfície lunar... Stanley Kubrick já por lá andava! Aliás, a história ensina-nos que o cinema nunca foi um parente pobre nem das proezas da ciência nem das imaginações da literatura — 2001: Odisseia no Espaço (…) estreou-se em 1968 (…) e rapidamente entrou para essa galeria nobre onde figuram as obras capazes de cruzar o desconhecimento e o maravilhoso de forma (…) que se revela capaz de superar quaisquer tendências, géneros ou modas”.

O resto, incluindo alguns pormenores da rodagem, está lá no blog, que tem uma colecção de excelentes posts sobre este tema, incluindo aquele que faz ligação para o obituário do jornalista Walter Cronkite, que morreu há poucos dias. E que justamente cobriu para a CBS a chegada do homem à Lua. Ainda sobre o tema, o post curto de Shyznogud no Womenage a Trois: “…só para marcar os 40 anos da minha primeira recordação infantil consistente. Estava em Évora, em casa dos meus avós, lembro-me de olhar atentamente para a Lua à espera de ver um avião ou coisa semelhante a aproximar-se dela. Fiquei um bocadinho desapontada por não notar nenhuma alteração, confesso”. Uns dias antes, a Lua era outra no blog Geração Rasca por Nancy B, citando Camilo Castelo Branco: "Se querem que haja uma lua por força para os que casam, façamos umas poucas de luas:
Lua-de-mel; Lua de cicuta; Lua de láudano;
Lua de tártaro emético; Lua de mostarda inglesa;
Lua de óleo de rícino;
Lua de fel da terra;
Lua de salsaparrilha;
Lua de raspa de veado;
Lua de jalapa”

Muitas luas para o amor, e bem sabemos que a noite é dos amantes, o que me empurra para uma ideia feliz que este fim-de-semana animou muitas cidades portuguesas: um apagão deliberado para observar o céu e o brilho das estrelas. Astrónomos e curiosos juntaram-se para celebrar a Noite das Estrelas e para pedir legislação específica que proteja o direito ao céu nocturno. Até porque, diz-se, 40 por cento da iluminação pública é desperdiçada”. Encontro no blog Viver Seixal o post de Emanuel Oliveira Santo onde se diz que Portugal se apaga, sim…

“Portugal apaga-se... no meio de políticas económicas e sociais claramente erradas.
Portugal apaga-se... no meio de interesses pessoais.
(…) Portugal apaga-se... quando no meio da UE não tem qualquer voz activa.
Portugal apaga-se... quando existe dinheiro ou interesses em jogo.
Portugal apaga-se... quando o Cristiano não joga bem”

E vai por aí fora, na ladainha do país que se apaga. Sem luz. O que nos vale é que raramente nos falta a Lua – mesmo quando andamos aluados, ou talvez mais ainda nesses dias, ou melhor dito, nessas noites…

publicado por PRD às 00:18
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds