Terça-feira, 30 de Junho de 2009

150 anos

É uma condenação perpétua mas tem um numero redondo: 150 anos. Foi esta a condenação de Bernard Madoff, o responsável pela maior fraude financeira de sempre. Um pouco por todo o mundo, comenta-se a decisão judicial, no mundo dos blogues nacionais a conversa é outra, e passa pela comparação: Carlos Abreu Amorim, no Blasfémias, e Jorge Ferreira, no Tomar Partido, avançam com a mesma ideia: 150 anos,

“Mais ou menos o mesmo tempo que por cá levaria o processo a ser concluído…”.

Na verdade, estamos tão habituados a processos que se arrastam nos tribunais durante anos, que não podemos deixar de ficar surpreendidos: em cinco meses, Madoff foi julgado e condenado. O blog Fliscorno sugere: “a solução para a nossa justiça é manda-la também para o estrangeiro. De preferência para os EUA onde a maior fraude financeira da história foi julgada em alguns meses. Imaginem só a brevidade que processos, cá intermináveis, não passariam a ter. Um Freeport? Semanas. Uma Casa Pia? Qualquer quinzena bastaria. Apitos dourados? Um intervalo para café e sentença feita. Operações Furacões? Resolvido no intervado da Casa Pia. Quais reformas do mapa judiciário qual carapuça. Portugal precisa é de um offshore para a justiça”. António de Almeida no Direito de Opinião recorda óbvio que nunca devemos esquecer: “Não existe Justiça se a mesma não for aplicada em tempo útil”. João Gonçalves também nota a diferença: “Cá, a política e os tribunais cumprem calendários. Se bem nos recordamos, apenas Vale e Azevedo foi molestado e, mesmo assim, só depois de ter deixado a presidência do Benfica. E sabe-se o estado da arte. Não esperem nada de extraordinário contra os trafulhas domésticos. Gente fina é outra coisa. E a justiça portuguesa também”.

Parece evidente que nos impressiona a rapidez com os tribunais norte-americanos chegaram a um veredicto. E parece evidente que alguma coisa devia ser feita na forma como se faz justiça ou injustiça em Portugal.

Fecho a ronda com Sam Seaborn, no blog Os 4 Elementos, que prefere analisar a condenação pelo lado exemplar da punição agravada: “Ao longo da história, Portuguesa, Europeia, Mundial, os crimes financeiros têm sido tratados com alguma discriminação e mesmo leveza em comparação com os demais. Pouco importa se a Bernard Madoff resta 10, 15 ou 20 anos de vida, o exemplo está dado, e tendo em conta que para a Lei Americana, o precedente é válido, acabou de ser aberta uma valiosa arma contra a fraude económica e um sério aviso para os prevaricadores”.

Assim é realmente: entre a rapidez e eficácia da justiça e a condenação exemplar que fica como exemplo, esta decisão faz História e garante que o mundo é mesmo assim, “composto de mudança”. Para melhor, que venha ela...

publicado por PRD às 00:02
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds