Segunda-feira, 1 de Junho de 2009

Eleições europeias - parte 3

Passaram mais 4 dias – ou seja, a ultima vez que andei pelos blogues a ver o que escrevem sobre a campanha eleitoral foi na quinta-feira. Regresso neste começo de semana, a sete dias das eleições, e não noto qualquer diferença. O tom continua a ser o mesmo: desesperança, indiferença, descrédito. Vejamos Tomás Vasques no Hoje há Coquilhas: “Neste momento (…) seria «normal» o PSD estar claramente à frente dos socialistas nas sondagens. Por três motivos: primeiro, o desgaste pessoal do primeiro-ministro, debaixo de fogo cerrado durante dois anos (…); segundo, o natural desgaste do Governo que está a pagar os efeitos de uma crise internacional profunda (…); terceiro, para a generalidade dos portugueses os resultados destas eleições não são importantes. Tanto se lhes dá que o PS tenha 8 deputados europeus, como o PSD 9 ou vice-versa. E, assim sendo, é altura de expressar nas urnas descontentamentos sem sofrer consequências. (…) Surpreendentemente, os socialistas aparecem invariavelmente em primeiro lugar nas sondagens. Se, no próximo Domingo, face às circunstâncias, os socialistas confirmarem a vitória eleitoral (…) estamos perante uma das maiores derrotas eleitorais do PSD. Não há volta a dar!” Repare-se que sobre a Europa, zero – tudo se verifica como se as eleições fosse nacionais. Leio Filipa Tourais no blog País do Burro. Que diz ele? Que a cobertura eleitoral “tem-se limitado ao acompanhamento deste espectáculo pouco edificante. Ping para as gafes de um Vital que tem procurado aparecer ao lado de Sócrates, pong para um Rangel que tem evitado aparecer ao lado da Ferreira Leite das gafes; ping para a centralização do debate na criação de um imposto que só mesmo um Vital para descobri-lo, pong para o debate de um PREC que só um Rangel seria capaz de descobrir. (…) PS e PSD comandam a agenda mediática e esta determina o share das intenções de voto da audiência e, com o cenário assim montado, não surpreende que aquelas revelem que quem recusou o jogo do ping e do pong e não se desviou do tema Europa se esteja a prejudicar por não aparecer no menu que diariamente nos é servido: vota ping ou vota pong. A comunicação social está a prestar um péssimo serviço”.

Não surpreende, por isso, o post, que também foi artigo de jornal de, Ana Margarida Craveiro no 31 da Armada em que escreve: “a abstenção nas eleições europeias seria menor se houvesse uma politização das eleições, com estratégias europeias a ir a votos. Sucede que o eleitorado não conhece essa politização, logo, não vota”. E termina com uma nota relevante: “A pequena Europa do passado tinha vencedores consensuais. Hoje, a competição pelo poder é feita a 27, com maiorias de esquerda ou direita. Ou seja, existe uma verdadeira democracia na Europa. A nossa campanha desrespeitou essa democracia europeia com a politiquice portuguesa do costume”. Assim caminhamos para o dia do voto, o dia decisivo. E joão Gonçalves tem razão: O calor não ajuda. Os protagonistas não ajudam. As ideias não abundam. A Europa é um pretexto num país onde nunca chegou a ser "texto".

publicado por PRD às 01:41
link do post | comentar

PRD

Pesquisar blog

 
Estes textos são escritos para serem “falados”, ou “lidos”, pelo que não só têm algumas marca de oralidade (evidentemente, propositadas...) como é meu hábito improvisar um pouco “em cima deles” no momento em que gravo a rubrica. Também é relevante dizer que, dado tratar-se de uma “revista de blog’s” – e uma vez que os blog’s não se preocupam com a oralidade ou com a eventual citação lida dos seus textos -, tomo a liberdade de editar minimamente os textos que selecciono. Faço-o apenas para que, em rádio, não se perca a ideia do blogger pelo facto de escrever frases longas e muito entrecortadas. Da mesma forma, não reproduzo palavrões nem frases pessoalmente ofensivas, assim como evito acusações cuja possibilidade de prova é diminuta ou inexistente. Sendo uma humilde crónica de rádio, tinha ainda assim de ter alguns princípios. São estes. Quem tiver razão de queixa, não hesite!

Textos recentes

...

Blog da Semana: As Penas ...

Outra vez o casamento ent...

Em dia

Lhasa de Sela

O ritual de Cavaco

2010

Blog do Ano 2009: O Alfai...

O ano 2009 - II

O ano 2009 - I

Arquivos

Outubro 2011

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favorito

Leituras de sábado

Declaração de voto

Seis anos já cá cantam.

Na melhor revolução cai a...

Subscrever feeds